A 12ª conferência da ONU sobre o clima, que está a decorrer em Nairobi, vai intensificar os esforços na luta contra as alterações climáticas. Se nada for feito, os cenários que se colocam são terríveis. Dê a sua opinião.
logo da Quercus
Últimas notícias sobre a Cimeira de Nairobi

Últimas referências em blogs sobre a Cimeira de Nairobi

.posts recentes

. O fim (por agora)

. O último dia?

. Os discursos

. Resultados negociais no m...

. Discurso oficial do Secre...

. Canadá "abandona" Quioto

. Já só faltam dois dias

. Meandros de uma conferênc...

. Um caracol chamado Quioto

. Portugal - 19º país com m...

. Mudar o clima dentro de c...

. O Prémio “Fóssil do Dia”

. O Calor também mata

. Uma reflexão sobre os obj...

. CO2: Brasil quer mudar fó...

. Os refugiados do Mar

. Mil milhões de árvores em...

. A caminho de Nairobi

. O fracasso do PNAC

. A fome e o clima

.arquivos

. Novembro 2006

Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

Carro: Modo de usar

 
A utilização de transporte privado vai passar a ser uma das atitudes mais desrespeitadoras do clima, garantem os psicólogos ambientais. Assim, importa desde já incorporar novas atitudes ao volante, a primeira é respeitar os limites de velocidade e na auto-estrada andar mesmo abaixo do limite legal.
 
Aqui ficam quatro conselhos:
 
1 Não conduza de forma agressiva. Cumpra os limites de velocidade.
 
A poupança de combustível aumenta se a velocidade for constante. Antecipe a paragem e a mudança de luzes nos semáforos e reduza ou aumente calmamente a velocidade. Use a mudança mais elevada possível e siga as recomendações dadas no painel de instrumentos.
 
2 Mantenha uma velocidade constante. Guarde uma distância de segurança do veículo da frente.
 
A poupança de combustível aumenta se a velocidade for constante. Antecipe a paragem e a mudança de luzes nos semáforos e reduza ou aumente calmamente a velocidade. Use a mudança mais elevada possível e siga as recomendações dadas no painel de instrumentos.

 
3 Reduza o uso do ar condicionado. Mantenha os vidros fechados a velocidades elevadas.
 
O uso do ar condicionado aumenta o consumo em 13%. Sempre que possível regule apenas a temperatura sem o ar condicionado ligado em vez de abrir as janelas. Seleccione o modo ECON que desliga temporariamente o ar condicionado quando o carro não usa o motor de combustão.
 
4 Aquisição, escolha do Carro
 
Os carros híbridos e eléctricos passaram a ter isenções fiscais que os tornam mais competitivos no mercado, mesmo assim continuam a ser veículos que não estão disponíveis para os segmentos mais baratos do comércio automóvel.
 
Se não poder optar por um veículo híbrido ou eléctrico tenha em atenção no acto da escolha aos níveis de emissões do carro, além, é claro dos consumos. Por isso é de excluir para circular em meio urbano os carros da moda, como os SUV e os TT (todo-o-terreno) que têm um nível de consumo bastante superior, entre os 10 e os 30 Lt por cada 100 quilómetros.
publicado por nairobi às 12:07
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Mario a 7 de Novembro de 2006 às 20:27
Isso era giro de cumprir se as pessoas tivessem civismo.
De a 9 de Novembro de 2006 às 01:55
Mario,

Vai acontecer que os "se's" vão ter de ser trocados pelos "que's".

Mesmo QUE não tenhamos civismo... vamos ter QUE aprender a "nadar" ao sentirmos QUE nos estamos a "afogar". Tão simples e tão terrível como isso.
De Guilherme a 8 de Novembro de 2006 às 15:03
E os biocombustiveis para qdo a sua liberalização em Portugal? ou estamos à espera que os combuwstiveis fosseis acabe?
De a 9 de Novembro de 2006 às 01:48
Guilherme,

Já não me parece que o real problema seja o dos fósseis acabarem... às tantas até vai ajudar que acabem ou comecem as escassear... a necessidade puxa pelo engenho e tem muita força... ao contrário do comodismo que provoca acomodação e inércia.
O problema é que os fósseis consomem OXIGÉNIO e provocam emissões de poluentes: então temos de fazer um balanço económico em termos de poluição para cada um de nós, como em termos financeiros.
Temos que poluir menos e ajudar as despoluir, como se se tratasse dum lixo visível.
E com exigências cívicas para os que prevariquem!
De direitismopolitico a 9 de Novembro de 2006 às 01:13
Concordo. Muito bem. Mas os padrões de conforto das pessoas, muitas delas habituadas a ele, vai ser uma batalha difícil de combater. Primeiro, os comportamentos ambientais terão que ser controlados e castigados, segundo terão que se desincentivar os hábitos pessoas. Imagine um bilião de pessoas a fumar um cigarro por dia, pondo de fora quem fume três maços por dia. Esse é um exemplo. Outro: o acesso à cidade ou centro das cidades deveria ser limitado, haveria de existir muito mais vias para transportes públicos e muitos mais transportes públicos, porque o que existe é muito pouco, porque um dos factores que afasta as pessoas dos transportes públicos é o tempo de espera, eu detesto esperar, digo-o.
Pelo ambiente há também que ter presente que o civismo est à a perder-se pelas ruas da amargura. Que o ambiente seja protegido e que muitas campanhas sejam feitas para consciencializar as pessoas mais velhas, mas que nas escolas seja feito um trabalho de educação para o futuro.
De a 9 de Novembro de 2006 às 01:36
Assim não vale!

Exigem-se MEDIDAS a sério.

Se nos faltar o OXIGÉNIO... não vamos andar de carro e os carros não vão andar! Tão RADICAL como isso :-((

Vejam a coragem do Brad Pit na Califórnia: temos que nos libertar do PETRÓLEO.

Há bicicletas, transportes colectivos a gás natural.

Há que parar com o comodismo e a irresponsabilidade: isto é com cada um de nós.
De a 9 de Novembro de 2006 às 02:13
Creio que temos QUE passar a falar em indicadores reais de poluição relativamente aos automóveis/autocarros/camiões/etc...

Cada viatura devia passar a ter um dístico bem visível (à semelhança do ex-90) que mostrasse o valor das emissões e um selo que penalizasse em função disso!

Devíamos passar a entender esse (mau) desempenho em termos de défice de OXIGÉNIO e em gramas (quilos e toneladas) de gases e partículas poluentes por quilómetro, por hora, por dia, por semana, por mês... por ano.

Os híbridos (e eléctricos) também são benéficos quando preferidos aos normais do mesmo preço.

Eu tenho um híbrido... o problema é que as listas de espera são grandes... e os normais continuam a ter a procura habitual.
De a 9 de Novembro de 2006 às 02:32
«3 Reduza o uso do ar condicionado. Mantenha os vidros fechados a velocidades elevadas.

O uso do ar condicionado aumenta o consumo em 13%. Sempre que possível regule apenas a temperatura sem o ar condicionado ligado em vez de abrir as janelas. Seleccione o modo ECON que desliga temporariamente o ar condicionado quando o carro não usa o motor de combustão.»

COMENTÁRIO:

Sem o ar condicionado ligado, só se pode regular a temperatura para mais elevada (aquecimento).

Não se entende o efeito do ECON: quando o carro não usa o motor... não há problema, nem de aumento de consumo nem de poluição.

Agora parece-me é que não há necessidade de ligar o AUTOmático... e pronto!
Podemos perfeitamente ligar o AC durante 1 minuto e desligá-lo durante 5 minutos: também só bebemos com certos intervalos para combater a sede.


De Poupar ar condicionado a 10 de Abril de 2008 às 12:12
Poupar no uso do ar condicionado e poupa no planeta, ou os hábitos mudam ou seremos mudados.
De José Lopes a 9 de Novembro de 2006 às 07:17
Eu com o meu Seat de 110CV a Gasóleo consigo a assombrante média de 3,0L/100Km (sim não me enganei no valor). Normalmente ronda os 3,3-3,4 em dias de chuva/humidade. Todos os dias percorro um trajecto de 96Km; 70-80Km/h de velocidade média e controlo de tração ligado sempre que possível. o meu record neste trajecto (num só sentido) foram 3 travagens (três vezes o uso do pedal do travão).

Alguem consegue melhor?
De madurago a 9 de Novembro de 2006 às 11:12
se nem sequer a coisas simples fazemos, tipo separação do lixo, quanto mais reduzir velocidades e mudanças de modo de condução... vamos pagar caro e não vai demorar muito, aliás já o sentimos na pele... pensem nisto...

Comentar post

logo da Cimeira da ONU sobre alterações climáticas

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. carbono

. carbono-zero

. clima

. co2

. economia

. efeito_estufa

. energia

. estufa

. fao

. floresta

. gases

. governo

. ipcc

. mar

. oceanos

. ong

. onu

. pnac

. portugal

. quercus

. quioto

. saúde

. stern

. transportes

. ue

. unesco

. unfccc

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds